Orientadores

Linha 1. Jornalismo, Cultura e Sociedade

Professores Permanentes

Carlos Augusto Locatelli – Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (1990), mestre pelo Programa de Pós-Gradução em Economia Industrial da UFSC (2001), doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011).
Projeto de pesquisa: Jornalismo, comunicação organizacional e barragens (2012-2015)
Interesses de orientação: Pesquisas que tenham como questões centrais as relações entre o jornalismo e a comunicação produzida por organizações do Estado, do mercado e da sociedade civil, especialmente em situações que envolvam conflitos sociais decorrentes da implantação de políticas públicas de desenvolvimento.  Temas correlatos: espaço público, interesse público e privado, políticas públicas de comunicação, comunicação das organizações e jornalismo, comunicação e barragens.
E-mail:
locatelli.jor@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1374591905454719

3X4_Daiane_2014Daiane Bertasso: Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Mestre em Comunicação Midiática pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. Especialista em Gestão de Processos em Comunicação pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ. Graduada em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo pela UNIJUÍ. Desenvolve pesquisas nas áreas de Teorias do jornalismo, Jornalismo de revista, Produção de sentidos, Teorias da Comunicação e Comunicação Organizacional.
Projeto de pesquisa: Jornalismo e produção de sentidos sobre interesse público
Interesses de orientação: – Estudos sobre produção de sentidos no jornalismo: produção discursiva dos meios jornalísticos sobre os diversos campos sociais e a construção discursiva da identidade jornalística; Estudos sobre interesse público, considerando as relações do campo jornalístico com outros atores sociais e organizações: relações com as fontes de informação, assessoria de imprensa e comunicação organizacional.
E-mail: daianebertasso@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3334120271383055

Daisi Irmgard Vogel
Jornalista com graduação em Comunicação/Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985); mestrado (1997) e doutorado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002); pós-doutorado em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF – 2010). Desenvolve pesquisas sobre estética do jornalismo, jornalismo e literatura, jornalismo e crítica cultural.
Projeto de pesquisa: Jornalismo e realismo estético: posições históricas
Interesses de orientação: Estudos que abordem questões estéticas nas práticas, textualidades e discursos do jornalismo; que explorem relações entre literatura e jornalismo; que rastreiem procedimentos e dialogismos do jornalismo cultural (Grupo de Pesquisa em Jornalismo, Cultura e Sociedade).
E-mail: daisivogel@yahoo.com.br
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2710738502192278

Eduardo Meditsch - Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
Eduardo Meditsch é Pesquisador 1D do CNPq e Professor do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, instituição em que atua desde 1982 e segue atuando após sua aposentadoria como Professor Titular em 2016. Realizou estágio sênior de pós-doutorado na University of Texas at Austin (2010/2011) com bolsa da Capes. Possui doutorado em Ciências da Comunicação/Jornalismo pela Universidade Nova de Lisboa (1997), mestrado em Ciências da Comunicação/Jornalismo pela Universidade de São Paulo (1990) e graduação em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1979). Integra conselhos editoriais de duas dezenas de revistas acadêmicas do Brasil, América Latina, Portugal e Espanha. Como jornalista, atuou na Rádio Continental, Rádio Gaúcha, Rádio Guaíba, TV Guaíba, jornal Folha da Tarde, todos no Rio Grande do Sul, e na Rádio Jornal do Brasil e TV Educativa no Rio de Janeiro. Foi colaborador de diversos órgãos da imprensa alternativa brasileira e também do jornal Público de Lisboa. Sócio-fundador da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), foi seu primeiro diretor científico. Coordenou o Núcleo de Pesquisa em Rádio e Mídia Sonora da Intercom e o GT Estudos de Jornalismo da Associação Latino-Americana dos Pesquisadores em Comunicação (ALAIC) Foi membro da Comissão Nacional de Ética dos Jornalistas (Fenaj) e do Forum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ). Recebeu os prêmios Vladimir Herzog de Jornalismo e Direitos Humanos, Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação e Adelmo Genro Filho de Pesquisa em Jornalismo. Colidera, na UFSC, o Grupo de Pesquisa em Jornalismo, Cultura e Sociedade e também o Grupo de Investigação em Rádio, Fonografia e Áudio. Tem experiência acadêmica na área de Comunicação, com ênfase em Teoria e Ensino do Jornalismo, Estudos de Rádio, Processos e Produtos Jornalísticos, Mídia e Conhecimento.
Temas de orientação: Estudos sobre radiojornalismo; Estudos sobre Jornalismo como forma de produção e socialização de conhecimento; Estudos sobre Jornalismo na Academia (Ensino, Pesquisa e Extensão)
E-mail:emeditsch@uol.com.br
Lattes:http://lattes.cnpq.br/9884506958589514

Gislene Silva Credenciada para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
É jornalista com doutorado em Ciências Sociais – Antropologia. Graduada em Comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1984), tem mestrado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (1989), doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000) e fez seu pós-doutorado na Universidade de São Paulo (2009). Como jornalista trabalhou na Editora Abril, área de saúde e rural, e por mais de 10 anos na reportagem da revista Globo Rural. Na UFSC desde 2003, vem atuando nas disciplinas Teoria e Métodos de Pesquisa em Comunicação e Teoria do Jornalismo. Como pesquisadora, trabalha em pesquisas sobre noticiabilidade e acontecimento jornalístico (Projeto PROCAD) e sobre epistemologia do jornalismo e metodologia da pesquisa em Jornalismo. A centralidade de suas investigações se dá na questões da cultura e do imaginário na mídia noticiosa, especialmente no estudo das imagens de natureza na imprensa. Publicou em 2009 o livro “O sonho da casa no campo: jornalismo e imaginário de leitores urbanos”.
Projeto de pesquisa: Aportes teóricos e técnicos para uma crítica cultural da notícia
Interesses de orientação:
Crítica cultural da notícia. Estudos sobre a produção noticiosa em suas figurações como experiência cultural. Sistematização de possíveis modos de apreciação de diferentes objetos jornalísticos. Questões do imaginário social na mídia noticiosa. Estudos das imagens de natureza na imprensa brasileira, com ênfase no período da virada do século XX para o XXI. Grupo de pesquisa Crítica de Mídias e Práticas Culturais.
E-mail: gislenedasilva@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1126642346471010

Jorge Kanehide IjuimCredenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
É jornalista, doutor em Ciências da Comunicação/Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP, professor do Departamento de Jornalismo da UFSC. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Fundamentos do Jornalismo e Produção jornalística; estuda especialmente as narrativas jornalísticas, e as confluências entre o pensamento científico e o jornalismo.
Projeto de pesquisa: Ciência moderna e o fazer jornalístico: influências e aproximações
Interesses de orientação: Fundamentos do jornalismo – O pensamento moderno e os modelos jornalísticos; Jornalismo e conflitos sociais; Narrativas jornalísticas.  
E-mail: ijuim@cce.ufsc.br
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3444139640271073

IMG_5869_optMauro César Silveira - Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com Mestrado e Doutorado em História Ibero-americana pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e Pós-Doutorado realizado na Universidad Carlos III de Madrid. Tem experiência profissional e docente em Jornalismo, atuando principalmente nas seguintes áreas: História do Jornalismo, Jornalismo Impresso (Reportagem, Redação e Edição), Jornalismo Esportivo e Jornalismo Científico. Autor dos livros “O jornalismo português como aliado do Brasil na Guerra do Paraguai”, “Um pecado original: os primórdios do jornalismo na Bacia do Rio da Prata” e “A batalha de papel: a charge como arma na guerra contra o Paraguai”. Lidera o Grupo de Estudos de História do Jornalismo na América Latina, do Diretório do CNPq.
Projeto de pesquisa: A trajetória histórica dos processos e produtos jornalísticos nos países do Cone Sul: afinidades e diferenças – Terceira Etapa
Interesses de orientação: História do Jornalismo e Estudos sobre jornalismo esportivo
E-mail: maurocesarsilveira@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8046498085012366

Christofoletti 2016Rogério Christofoletti –  Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
É jornalista, mestre em Linguística e doutor em Ciências da Comunicação. Pesquisador do CNPq (bolsista-produtividade 2), atua no Departamento de Jornalismo da UFSC na graduação e na pós-graduação. É um dos líderes do Observatório da Ética Jornalística (objETHOS). Autor de três livros e co-organizador de outros oito, Christofoletti já assinou dezenas de artigos publicados em periódicos científicos de Brasil, Portugal, México, Chile, Peru, Equador e Colômbia.
Projeto de pesquisa: Privacidade e Jornalismo: atualizações de conceitos, dilemas e entornos
Interesses de orientação: Ética jornalística; privacidade, vigilância e jornalismo; crise no jornalismo e sustentabilidade do negócio jornalístico.

E-mail: rogerio.christofoletti@uol.com.br
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2764537115351567
Site:http://www.christofoletti.com

2016 08 18 Imagem publicada OBJETHOSSamuel Pantoja Lima - Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado
 Jornalista pela UFSC (1988). Sua última passagem pelo mercado foi em 2009, como repórter especial de economia e política do jornal Notícias do Dia (Joinville/Florianópolis). Docente e pesquisador do curso de Jornalismo da UFSC. Atuou na Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc, em Joiinville/SC (2000/2009) e na Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (2009/2015). Atualmente participa da coordenação da pesquisa “Governança Social, Produção e Sustentabilidade para um jornalismo de novo tipo (GPS-JOR)”.
Projeto de pesquisaGovernança Social, Produção e Sustentabilidade para um jornalismo de novo tipo (GPSJor). Este projeto se propõe a conceber a governança social para um novo modelo de jornalismo, baseado em mecanismos de relacionamento direto entre jornalistas e públicos interessados em financiar e/ou participar da realização continuada de jornalismo de qualidade em Santa Catarina, sem a mediação de empresas ou do Estado. A proposta consiste na mobilização social de: a) leitores dispostos a apoiar a concepção de um novo tipo de jornalismo e contribuir para o financiamento de informação de qualidade; e b) jornalistas organizados em estruturas cooperativas ou sem fins lucrativos.
Interesses de orientação: Jornalismo como profissão (perfil profissional, identidade e condições de trabalho) e Teoria do Jornalismo.
E-mail: samuca13@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8376305204821564

 

Linha 2. Tecnologias, Linguagens e Inovação no Jornalismo

Professores Permanentes

Antônio BrasilCredenciado para orientar trabalhos de Mestrado
Mestre em Antropologia Social (London School of Economics), doutor em Ciência da Informação (IBICT/UFRJ) e pós-doutor em Novas Tecnologias (Rutgers University) e Antropologia Social (UFRJ). Criou a TV UERJ On-line, a primeira TV universitária na Internet. Em Santa Catarina desde 2010, é professor do Departamento de Jornalismo da UFSC. Como jornalista, trabalhou na Rede Globo de TV no Rio de Janeiro e na sucursal de Londres, onde participou de coberturas na Europa, Oriente Médio e Ásia. É autor de quatro livros, voltados ao telejornalismo e às novas tecnologias.
Projeto de pesquisa: Novos formatos de telejornais interativos para a TV digital
Interesses de orientação:
Comunicação e tecnologias digitais; memória social e cultura brasileira; midia-educação e cultura;  telejornalismo e história; telejornalismo e novos formatos.
E-mail:antonibrasil@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4343569712822039

Foto perfil novaCárlida Emerim – Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
É Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1992), Mestre em Semiótica (2000) e Doutora em Processos Midiáticos pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2004). É Professora e Pesquisadora na área de Telejornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, no Curso de Graduação e na Pós-graduação em Jornalismo. Participa como pesquisadora do Grupo de Pesquisa Comunicação Televisual (COMTV – UFSM) e é Coordenadora do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Telejornalismo (GIPTELE – UFSC). Coordena Projetos de Extensão permanente do GIPTele, os programas TJUFSC; TJUFSC LIBRAS, JNU, Reportagem, O Livro da Minha Vida e Esporte Clube. Tem experiência profissional em televisão, rádio, fotografia, cinema e vídeo. No campo de estudos, investiga Tecnologia, Linguagem e Inovação em Telejornalismo, tendo como teoria de base a Semiótica Discursiva. Entre os principais temas de pesquisa estão: Telejornalismo em diferentes plataformas, Metodologias de Análise Televisual, Conceitos em Telejornalismo e Modos de Produção Televisual.
Projeto de Pesquisa: Estudos Televisuais: Tecnologia, Linguagens e Inovação
Interesses de Orientação: Estudos sobre Conceitos e Metodologias de Análise em Jornalismo Televisual; Estudos sobre Tecnologia, Linguagem e Inovação em Telejornalismo e Novas Plataformas; Estudos sobre Telejornalismo e Experimentação na Academia (Ensino, Pesquisa e Extensão)
E-mail: carlidaemerim@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0337413033855942

Raquel Ritter LonghiCredenciada para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
É doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em História e Estética do Cinema pela Universidad Autónoma de Madrid/Fundación Viridiana. Professora do Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde 2007, participa da Rede de Pesquisa Aplicada em Jornalismo e Tecnologias Digitais, da SBPJor – Sociedade Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo. Tem experiência na área de Jornalismo e Comunicação, com ênfase em jornalismo online, gráfico e novas tecnologias, com estudos nas áreas de criação em hipertexto, linguagens do jornalismo digital, imagem no webjornalismo, convergência de meios e linguagens e linguagem e estética do cinema e vídeo. Na UFSC, coordena o Nephi-Jor – Núcleo de Estudos e Produção em Hipermídia aplicados ao Jornalismo, lidera o Grupo de Pesquisa Hipermídia e Linguagem, do CNPq, e coordena o projeto de extensão Fotolivre.ufsc.
Projetos de pesquisa:
Webnotícia e linguagem hipermidia: como conta o jornalismo online
Interesses de orientação:
Jornalismo online. Linguagens do jornalismo digital, hipermídia, hipertexto, redes sociais e notícia. Formatos de linguagem nos meios digitais. Gêneros jornalísticos e fotojornalísticos nos meios digitais. Convergência. Narrativas hipermidiáticas e transmidiáticas. Tecnologias em jornalismo digital. Jornalismo gráfico, design e linguagem
E-mail:raqlonghi@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4649814099154237

rita4Rita de Cássia Romeiro Paulino – Credenciada para orientar trabalhos de Mestrado
Concluiu o doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento, na área de Mídia e Conhecimento, pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2011. Atualmente é Professora permanente do curso de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR) e atua com disciplinas e projeto na linha de pesquisa Tecnologias, Linguagens e Inovação no Jornalismo. Na graduação é docente do curso de Jornalismo da UFSC, nas disciplinas de WebDesign e WebDesign Avançado. Tem experiência técnica como Jornalista Diagramadora (SC00365-DG) e WebDesign Master, participou no desenvolvimento de interfaces dos projetos de Sistemas de Informação Plataforma Lattes, Portal Inovação, SIFAPs, DCVISA. Publicou o livro intitulado Comunicação e comunidades virtuais – Participação e Colaboração, 2012, editora Insular.
Projeto de pesquisa:
Conteúdo jornalístico interativo para tablets: uma forma inovadora de conteúdo digital
Interesses de orientação:
 Estudos sobre Conteúdo Interativo Multiplataforma (Design, Processo produtivo), Estudos de recepção e usabilidade de Conteúdo Interativo Multiplataforma, Estudos sobre Sistemas de Gestão de Conteúdos para sites (WebDesign, Novas tecnologias e Processos), NewsGames (Novas tecnologias e Processo produtivo),  Visualização e Jornalismo de Dados (Processo Produtivo, Novas tecnologias e impacto no Jornalismo), Comunidades Virtuais de Prática e Redes Sociais.
E-mail: rcpauli@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7783801662264275

Valci Zuculoto –  Credenciado para orientar trabalhos de Mestrado e Doutorado
Jornalista por formação (UFRGS), doutora em Comunicação (PUCRS), professora dos Cursos de Graduação e Pós Graduação em Jornalismo da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, diretora da FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas, conselheira do FNPJ – Fórum Nacional de Professores de Jornalismo, vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas de SC. É coordenadora do GT História da Mídia Sonora da Rede ALCAR e do Expocom – categoria Jornalismo. Integra o Grupo de Pesquisa de Rádio e Mídia Sonora da Intercom. Já trabalhou em O Globo, Zero Hora, Isto É e Rádio Gaúcha. Foi diretora da FM Cultura de Porto Alegre. Autora dos livros “No Ar – A história da notícia de rádio no Brasil” e “A programação de rádios públicas brasileiras”. Co-organizadora de “Teorias do Rádio – Textos e Contextos V. 2″ e “Formação Superior em Jornalismo – Uma exigência que interessa à sociedade V. 2″. Também é co-autora, com capítulos publicados, de “Rádio e Pânico – A Guerra dos Mundos 60 anos depois”, “Rádio Brasileiro – Episódios e Personagens”, “Teorias do Rádio – Textos e Contextos-Volume 1″ ; “70 anos de radiojornalismo no Brasil” e “Caminhos do campo comunicacional no Brasil e na Argentina”, dos e-books “E o rádio? Novos Horizontes Midiáticos”, “Enciclopédia Intercom de Comunicação-V. 1-Conceitos” e “Midia Sonora em quatro dimensões”, entre outras obras sobre rádio e jornalismo”
Projeto de pesquisa: Radiojornalismo público brasileiro: experiências contemporâneas de redes, sistemas e produções conjuntas
Interesses de orientação: Linguagem, formatos e técnicas de produção do radiojornalismo, suas transformações e inovações; análise de produtos e processos do jornalismo radiofônico; radiojornalismo público; ensino de radiojornalismo.
E-mail:valzuculoto@hotmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5412229646355152

Professora Colaboradora na linha

foto_flavia_posjorFlávia Garcia Guidotti é professora adjunta no Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, onde atua nas disciplinas de Fotojornalismo II e III e Redação para Internet. Possui graduação em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pelotas (2002), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2007) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Pelotas (2013). Desenvolve pesquisas nas áreas de jornalismo gráfico e visual, com ênfase em fotografia e audiovisual.
Projeto de pesquisa: O aplicativo Instagram e suas potencialidades como ferramenta jornalística (2014-2016)
Interesses de orientação: Regimes discursivos das imagens jornalísticas (narrativos, estéticos e retóricos); mudanças tecnológicas e suas implicações no exercício do fotojornalismo; cinema e jornalismo; cinema brasileiro; culturas da imagem; audiovisualidades.
E-mail: flaviagguidotti@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1586774868860794