Programa de Pós-Graduação em Jornalismo
  • Pesquisador do PPGJOR discute democratização da comunicação

    Publicado em 15/10/2021 às 11:03

    Hoje, 15, a partir das 18h30, o professor Samuel Pantoja Lima, pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR/UFSC), participa de um debate promovido pelo Conselho Federal de Economia (COFECON). O tema do encontro será “Democratização do sistema de comunicação social”. O evento, que será realizado online, é parte de Fórum Nacional pela Desigualdade Social, promovido pelo COFECON, que começou no final de setembro de 2021. “O debate sobre o tema da democratização dos meios de comunicações no país é extremamente oportuno, sempre relevante e atual, visto o cenário de desinformação, produzido em escala global pela indústria das fake news, cujo objetivo maior é corromper a opinião individual e coletiva das pessoas”, observa o pesquisador.

    Para participar basta fazer sua inscrição (gratuita) acessando o link: tinyurl.com/vbkr5uy


  • Entidades da comunicação discutem cortes na ciência

    Publicado em 15/10/2021 às 07:35

    O Ministério da Economia sinalizou cortes de quase R$ 600 milhões no orçamento da Ciência e Tecnologia para 2022. A medida representa uma redução de 92% das verbas, gerando impactos severos no pagamento de bolsas na pós-graduação e no financiamento de pesquisas em todas as áreas. Sociedades científicas estão se mobilizando para reverter a situação e hoje, 15 de outubro, é o Dia da Mobilização em Defesa da Ciência, com diversos eventos discutindo soluções para o que pode ser um apagão inédito no setor.

    Em meio à programação de hoje, entidades científicas da comunicação promovem o debate “Comunicação, Ciência e Tecnologia: que Brasil queremos?”. Participam Ana Regina Rêgo, membra do GT SBPC de pós-graduação, Cássio de Souza Borges, diretor da ANPG, Cláudia Lago, coordenadora do Fórum de Humanidades, Fernando Oliveira Paulino, presidente da Socicom, Jader Janotti, representante da área de Comunicação no CNPq, Marcos Paulo da Silva, presidente da SBPJor, e Roseli Fígaro, presidenta da Compós. O debate começa às 10 horas e pode ser acompanhado aqui.


  • Pesquisadora do PPGJOR no 3º Encontro da Rede Interinstitucional Acontecimentos e Figuras Públicas

    Publicado em 13/10/2021 às 19:35

    O 3º Encontro da Rede Interinstitucional Acontecimentos e Figuras Públicas acontece amanhã, 14, e sexta-feira, 15, e este ano tem como tema “Celebridades, política e engajamento público”. A professora e pesquisadora do PPGJOR, Terezinha Silva, apresenta trabalho no dia 15, intitulado “A linguagem fascista e a constituição da imagem pública: uma análise sobre Jair Bolsonaro”. O trabalho é uma co-autoria com a pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMG, Paula Guimarães Simões. No ano passado, elas realizaram, também em co-autoria, estudo sobre a construção da imagem de uma outra figura pública – o ex-juiz Sérgio Moro -, publicado pela revista Famecos (PUC/RS).

    As duas pesquisadoras fazem parte do grupo fundador da Rede Interinstitucional Acontecimentos e Figuras públicas. A Rede foi criada em setembro de 2018 e reúne 18 pesquisadoras e pesquisadores de 10 instituições de ensino superior brasileiras.

    A programação completa do evento pode ser conferida aqui.


  • Egressas do PPGJOR são destaques no PAGF 2021

    Publicado em 11/10/2021 às 20:41

    A Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJOR) anunciou hoje, 11, os trabalhos vencedores da 16ª edição do Prêmio Adelmo Genro Filho de Pesquisa em Jornalismo (PAGF) e duas egressas do PPGJOR foram reconhecidas: Ingrid Cristina dos Santos ganhou menção honrosa na categoria Mestrado e Ana Paula Lückman venceu na categoria Doutorado.

    Orientada por Cárlida Emerim, Ingrid concorreu com a dissertação “Valores-notícia incorporados ao jornalismo a partir de sites de redes sociais”. Já Ana Paula Lückman desenvolveu a tese “A noção de contexto no Jornalismo: uma proposição a partir da Teoria da Complexidade” na UFRGS, onde foi orientada por Virgínia Pradelina da Fonseca. Em 2014, Ana Paula venceu o PAGF na categoria Mestrado pelo PPGJOR/UFSC, orientada por Jorge Kanehide Ijuim.

    De acordo com Carlos Franciscato, coordenador do prêmio em 2021, foram avaliados 55 trabalhos, sendo 15 de Iniciação Científica, 21 de Mestrado e 19 de Doutorado. Os vencedores do PAGF 2021 serão celebrados durante o 19º Encontro Nacional da SBPJor, em 9 de novembro, durante a mesa em  homenagem ao professor Nilson Lage, premiado postumamente na categoria Sênior.


  • Jornada Discente já tem regras de submissão dos resumos expandidos

    Publicado em 07/10/2021 às 08:40

    Após o período de recebimento de resumos simples, a 11ª Jornada Discente lança as regras de submissão para o envio dos resumos expandidos. Apenas estudantes de Mestrado e Doutorado que ingressam no PPGJOR em 2020 deverão enviar seus trabalhos, no período de 26 de outubro a 2 de novembro.

    Conforme as normas estabelecidas, os resumos expandidos não podem ultrapassar os 5 mil caracteres, incluindo Referências e Notas, e devem seguir o padrão de formatação detalhado neste template: resumo_expandido_template PPGJOR (faça download aqui) . Além disso, os trabalhos precisam conter um título com, no máximo, 80 caracteres, nome de autor/autora e nome de orientador/orientadora de pesquisa, e até cinco palavras-chave.

    A submissão dos resumos expandidos deverá ser feita por meio do preenchimento deste formulário. Para inserir os trabalhos nesta plataforma, discentes precisam utilizar uma conta do Gmail. Caso haja algum problema relacionado a essa questão, entrar em contato com a Comissão de Caderno de Resumos por meio deste endereço eletrônico: jresumo.expandido@gmail.com


  • PPGJOR participa em peso do 44º Congresso da Intercom

    Publicado em 01/10/2021 às 10:02

    O 44º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação da Intercom começa na próxima segunda-feira, 4, e vai até o sábado, dia 9, com uma programação intensa de minicursos, debates, conferências, premiações, lançamentos de livros e apresentações de pesquisa. Considerado o maior evento nacional na área da comunicação, o congresso da Intercom acontece mais uma vez de forma remota por causa da pandemia.

    Com o tema “Comunicação e resistência: práticas de liberdade para a cidadania”, o evento é sediado na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), no Recife. Como é habitual, mestrandos, doutorandos, professores e egressos do PPGJOR participam de forma marcante.  Confira alguns destaques:

    Segunda, 4 de outubro

    8h: professor Jorge Kanehide Ijuim coordena a mesa 9 no Intercom Júnior.

    8h: a professora Valci Zuculoto e a egressa Karina Farias apresentam o trabalho “O rádio AM trocou o dial: um panorama da migração para o FM nas emissoras catarinenses”, na Sessão 2 – Presente e futuro do rádio.

    9h30: a egressa Criselli Montipó coordena a Sessão 2 do GP Teorias do Jornalismo, e apresenta o trabalho “Atos de resistência de repórteres na abordagem de cidadania e direitos humanos: reflexões a partir da epistemologia feminista e da teoria crítica”.

    11h: professor Rogério Christofoletti é um dos debatedores na mesa Ética e Comunicação em Saúde, com a fala “O presidente e a pandemia: respostas imunológicas e deontológicas do jornalismo”.

    14h: professor Eduardo Meditsch celebra, junto com a professora Valci Zuculoto e outros ex-coordenadores, os 30 anos do GP Rádio e Mídia Sonora.

    14h: lançamento do livro “Jornalismo, gêneros e formatos. Estado da arte e diálogos contemporâneos”, que tem o capítulo “Um olhar para Profissão Repórter a partir das vozes de quem produz o programa”, assinado pela doutoranda Magali Moser.

    Terça, 5

    8h: mestranda Dara Zimermann e professora Flávia Guidotti apresentam o trabalho “A complexidade da narrativa jornalística no Instagram: do Feed aos Stories” no GP Conteúdos digitais e convergências tecnológicas.

    10h10: doutoranda Thaís Araújo apresenta o trabalho “Representações sociais e cidadania das pessoas com deficiência na cobertura jornalística do portal G1” no GP Comunicação e Cidadania.

    14h: doutorando Rafael Venuto apresenta o trabalho “Fotojornalismo(s) em aliança: imagens contra a precariedade e a precarização” no GP Estéticas, políticas do corpo e gêneros.

    14h: a professora Valci Zuculoto coordena a Sessão 4 do GP Rádio e Mídia Sonora – Perspectivas teórico-metodológicas dos estudos radiofônicos, junto com a egressa Juliana Gobbi Betti.

    14h: a doutoranda Lynara Ojeda coordena a Sessão 4 – Questões de gênero em jornalismo: desconstrução de padrões hegemônicos e desafios nas redações e no ambiente digital do Intercom Junior.

    14h: professora Cárlida Emerim lança três livros dos quais é co-organizadora: “Teorias do telejornalismo como direito humano” (com Ariane Pereira e Iluska Coutinho), “Direitos humanos nas telas: reivindicações sociais e representações de sentido narradas pelo telejornalismo” (com Ariane Pereira e Cristiane Finger), e “Telejornalismo e direitos humanos: pesquisas e relatos de experiências” ( com Ariane Pereira, Edna Mello e Flávio Porcello).

    14h: egressa Criselli Montipó e professor Jorge Kanehide Ijuim participam do lançamento do livro “Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão no século XXI: modos censórios, resistências e debates emergentes”, onde assinam o capítulo “Desafios na cobertura de cidadania e direitos humanos no Brasil: relatos de repórteres sobre censura e autocensura”.

    Quarta, 6

    8h: doutoranda Lia Gabriela Pagoto apresenta o trabalho “As relações de agendamento na CPI da Covid no Twitter: um olhar para o lugar da imprensa” no GP de Comunicação e Cultura Digital.

    8h: doutoranda Jessica Gustafson apresenta o trabalho “Percursos latino-americanos na formulação de um jornalismo com perspectiva de gênero” na sessão 4 – Epistemologias e paradigmas nos processos de construção da narrativa jornalística.

    8h: doutoranda Raphaela Ferro apresenta o trabalho “Narradoras em Transmissões Esportivas no Brasil: Mapeamento Histórico da Presença Feminina na Narração em Veículos de Rádio, Televisão e Internet” no GP História do Jornalismo.

    8h: mestrando Vinícius Augusto Bressan Ferreira apresenta o trabalho “Mudanças nas Estratégias de Financiamento do Jornalismo na História Recente: o Conceito de Hiperconcorrência como Ferramenta de Pesquisa”no GP História do Jornalismo.

    8h: doutorandos Lynara Ojeda, Marisvaldo Lima e Gabriela Almeida apresentam o trabalho “Entre visibilidade e revitimização: indícios para pensar o discurso jornalístico sobre violência sexual contra crianças” no GP Teorias do Jornalismo, sessão 4 – Epistemologias e paradigmas nos processos de construção da narrativa jornalística.

    11h: doutoranda Tatiane Queiroz e professor Jorge Kanehide Ijuim apresentam o trabalho “Mídia Índia: porquê decolonizar a práxis jornalística” no GP América Latina, Mídia, Cultura e Tecnologias Digitais.

    13h30: professor Eduardo Meditsch palestra sobre “O Legado de Paulo Freire para a Radiodifusão Universitária”no Fórum das Rádios e TVs Universitárias, onde a professora Valci Zuculoto é moderadora.

    Quinta, 7

    8h: doutoranda Raphaela Ferro coordena a Sessão 12 do Intercom Júnior – Jornalismo esportivo: entre narrativas e narrações.

    8h: mestranda Camila Collato apresenta o trabalho “Jornalismo Ambiental: reflexões sobre conhecimento, espaço e complexidade” no GP Comunicação, Divulgação Científica, Saúde e Meio Ambiente.

    11h: doutoranda Ivone Rocha apresenta o trabalho “A Contribuição do Jornalismo na Formação de Estudantes da Escola Básica. O Caso do Projeto Memórias em Rede” no GP Comunicação para a cidadania: a educação, o popular e o urbano .

    14h: egresso Hendryo André e doutorando Marisvaldo Silva Lima coordenam a Sessão 9: Jornalismo político: entre a midiatização de escândalos e a necropolítica.

    14h: egresso Silvio Costa Pereira apresenta o trabalho “A sobrevivência da fotografia química no contexto digital contemporâneo” na Sessão 1 do GP Fotografia.

    14h: doutoranda Kalianny Bezerra de Medeiros apresenta o trabalho “Credibilidade jornalística e compromisso com o cidadão: quando veículos de imprensa publicam informe publicitário com informações falsas sobre a Covid-19” no GP Teorias do Jornalismo, na sessão 5 – Pensar jornalismo: fato, objetividade, credibilidade, subjetivismo, pós-verdade.

    14h: o egresso de pós-doutorado Álvaro Bufarah apresenta o o trabalho “Estudos de Caso sobre Classificação de Gêneros e Formatos de Podcast Jornalístico na Web Brasileira” na sessão 5 – Estudos de podcast

    16h: o egresso de pós-doutorado Álvaro Bufarah coordena a sessão 6 – Autoria, criação e arte no rádio, ao lado da professora Izani Mustafá (UFMA)

    Sexta, 8

    14h: egresso Silvio Costa Pereira atua como debatedor da Sessão 3 do mesmo GP Fotografia.

    14h: egressa Criselli Montipó coordena a Sessão 11 do Intercom Júnior-Jornalismo: O lugar da alteridade no jornalismo: inclusão, diversidade e vulnerabilidades.

    14h: a professora Valci Zuculoto coordena, como vice-presidente da Rede de Rádios Universitárias do Brasil, a Mesa 5 – Reunião anual da Rede RUBRA,  no V Fórum de Rádios e TVs Universitárias.


  • Pesquisador do PPGJOR faz palestra na Univali

    Publicado em 30/09/2021 às 11:11

    Nesta quinta-feira, 30, a partir das 19 horas, o professor Samuel Pantoja Lima, pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR), profere palestra e participa de debate com estudantes e professores do Curso de Jornalismo da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI). O tema do encontro é “Jornalismo e ativismo: ainda cabe falar em ‘objetividade’, ‘neutralidade’ e ‘imparcialidade’?”. O evento, que será realizado online, faz parte das comemorações dos 30 anos do curso de Jornalismo em Itajaí – “Jornalismo Conecta 2021”.

    “Espero contribuir com essa reflexão que reputo da maior importância para o Jornalismo, como profissão e forma social de conhecimento humano indispensável à vida em sociedade, à defesa da democracia e dos direitos humanos”, observa o pesquisador.

    A inscrição é gratuita, no link: https://www.univali.br/eventos/comunicacao-e-marketing/Paginas/evento4904.aspx


  • Compós defende sistema de avaliação da Capes

    Publicado em 29/09/2021 às 17:10

    A notícia da suspensão pela justiça do processo de avaliação da pós-graduação no Brasil causou surpresa e indignação dos coordenadores de PPGs da área da Comunicação. Em reunião, o Conselho da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação discutiu o assunto e decidiu emitir nota em defesa do sistema avaliativo da Capes, que é resultado da ação coletiva de PPGs de 49 áreas de conhecimento no país.

    O PPGJOR participou da reunião, na manhã de hoje, 29, e é um dos signatários da nota, reproduzida a seguir:

    EM DEFESA DA AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL

    EM DEFESA DO SISTEMA CAPES DE AVALIAÇÃO

    O Conselho da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (COMPÓS), reunido nesta quarta-feira, dia 29 de setembro de 2021, deliberou por unanimidade manifestar irrestrita adesão aos esforços pela retomada da Avaliação Quadrienal 2017/2020, suspensa por decisão liminar da Justiça Federal do Rio de Janeiro em resposta a ação civil pública conduzida pelo MPF.

    A defesa da Avaliação Quadrienal leva em consideração o cumprimento do Plano Nacional de Pós-Graduação, modelo de avaliação construído, desde 1976, no âmbito da CAPES e que permitiu viabilizar um dos mais robustos e qualificados sistemas de pós-graduação do mundo, validado pelas diversas áreas de conhecimento, pelos programas e, sobretudo, pelos pares (docentes e discentes). É também o reconhecimento ao avanço da avaliação, sobretudo na área de Comunicação e Informação, como um processo que evolui no tempo e que precisa ser permanentemente atualizado.

    O Conselho da COMPÓS reforça ainda sua preocupação com a continuidade e com a conclusão do presente processo de Avaliação e pleiteia que seja acompanhado, até o final, pela mesma equipe de coordenadores que conduziu o processo até este momento, solicitando, para este fim, que os mandatos dos atuais coordenadores sejam prorrogados até a plena conclusão da Avaliação Quadrienal 2017/2020.

    A COMPÓS continuará atenta aos movimentos em torno da questão, na defesa intransigente da qualidade da pós-graduação e atuará em conjunto com as demais associações da área e dos fóruns interdisciplinares para que a liminar venha a ser cassada e o processo de avaliação tenha continuidade, na forma como foi legitimamente construído e aprovado pelos programas e pelo CTC-ES.


  • Professor e doutoranda em minicurso de Paulo Freire

    Publicado em 29/09/2021 às 08:15

    Nesta sexta-feira, 1 de outubro, será ministrado o minicurso online “Comunicando com Paulo Freire: teoria para transformar as práticas”.  Na mesa de abertura, às 9 horas, o professor do PPGJOR Eduardo Meditsch apresentará a conferência “A teoria de Paulo Freire e a transformação das práticas da Comunicação”.  O minicurso contará também com a presença dos professores Venício Artur de Lima (UnB), Dione Moura (UnB) e Alfredo Vizeu (UFPE), além de estudantes de pós-graduação, como a doutoranda do PPGJOR Juliana Freire Bezerra. Ela participará do encontro apresentando a preleção “Desafios e Inspirações de Paulo Freire ao Jornalismo das Periferias”, às 15h. O minicurso integra a 20ª Semana Universitária da UnB e será transmitido ao vivo na sala 3 do canal do evento no YouTube .

    O objetivo é refletir sobre o potencial das contribuições freirianas nas transformações das práticas comunicacionais e em quatro eixos principais: a comunicação científica, a comunicação da informação, o jornalismo e a comunicação pública. A atividade terá seis horas de duração, realizada em duas sessões de três horas (manhã e tarde) e garantirá certificação aos participantes inscritos. A quem interessar, as inscrições estão abertas até o dia de 30 de setembro na página do SIGAA UnB. Siga os passos indicados aqui. Mais informações podem ser encontradas neste site.


  • Justiça suspende avaliação da pós-graduação

    Publicado em 24/09/2021 às 08:44

    A Justiça Federal determinou a suspensão imediata do processo de avaliação dos programas de pós-graduação feito pela Capes. A decisão assinada pela juíza Andrea de Araujo Peixoto, da 32ª Vara Federal do Rio de Janeiro, é provisória e concede liminar após pedido do Ministério Público Federal daquele estado.

    Na ação civil pública, o MPF questiona os critérios usados na avaliação e pede a suspensão do processo até que a Capes apresente como são examinados milhares de cursos de Mestrado e  Doutorado no país. A juíza Andrea Peixoto deu 30 dias para que a agência preste esclarecimentos. Ontem, os sistemas de informática do processo já ficaram indisponíveis para os avaliadores. Ontem também o Senado aprovou requerimento de convocação da presidente da Capes Claudia Queda de Toledo.

    A decisão de suspensão do processo de avaliação pegou de surpresa pesquisadores e associações científicas de todas as áreas. O clima é de incerteza, apreensão e frustração, já que a comunidade científica se prepara e espera com ansiedade o resultado desses processos para qualificar seus cursos e receber verbas de custeio.

    O PPGJOR participará de reunião do Conselho da Associação dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós) no próximo dia 29 que tratará da questão.