UFSC » Programa de Pós-Graduação em Jornalismo

EDITAL 04/PDSE/POSJOR/2016 RESULTADO FINAL Seleção Interna do POSJOR de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES
Publicado em 25/09/2016 às 18:49

A Comissão de Seleção de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES, designada pela Portaria 20/POSJOR/2016, em consonância com os Editais 01/PDSE/POSJOR/2016, 02/PDSE/POSJOR/2016 – Retificação e 03/PDSE/POSJOR/2016, o Edital Nº 19/16 do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior/ PDSE/CAPES http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/12072016-edital-n-19-PDSE.pdfe o Edital de Retificação do Edital Nº 19/16 do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior/ PDSE/CAPES http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/25072016-alteracao-edital-19-2016-PDSE.pdf, cumprido o prazo para eventuais pedidos de revisão de avaliação e nenhum tendo sido apresentado, no uso de suas atribuições, comunica, pelo presente edital, o RESULTADO FINAL da SELEÇÃO INTERNA do POSJOR de candidatura aoPrograma de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES.

Clique aqui para ver o resultado

EDITAL 03/PDSE/POSJOR/2016 RESULTADO Seleção Interna do POSJOR de candidatura ao  Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES
Publicado em 21/09/2016 às 22:04

A Comissão de Seleção de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES, designada pela Portaria 20/POSJOR/2016, em consonância com o Edital 01/PDSE/POSJOR/2016, o Edital 02/PDSE/POSJOR/2016 – Retificação, o Edital Nº 19/16 do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior/ PDSE/CAPES http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/12072016-edital- n- 19-PDSE.pdf e o Edital de Retificação do Edital Nº 19/16 do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior/ PDSE/CAPES http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/25072016-alteracao-edital- 19-2016- PDSE.pdf, no uso de suas atribuições, informa, pelopresente edital, o resultado da Seleção Interna do POSJOR de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES.

Clique aqui para ver o resultado

 

Inscrições abertas para minicurso sobre documentário
Publicado em 13/09/2016 às 15:50

Dentro da proposta de internacionalização do Programa, o Posjor está oferecendo o  minicurso  “Be the change you wish to see in the world by making your own docu-active video” , que sera ministrado pelo Prof. Shmuel Hacarmeli, professor do Max Stern Academic College of Emek Yezreel.

O minicurso, promoção do Posjor e dos Núcleos de Pesquisa Nephi-Jor e GipTele, tem o apoio do Departamento e Curso de Jornalismo,  será ministrado em Inglês, e acontece dias 21, 22 e 23 próximos, na sala 28, no térreo, das 18 às 21 horas.

As inscrições, que podem ser feitas na secretaria do Posjor, são limitadas a 30 vagas, distribuídas no limite de até 20 para o Posjor e até 10 para alunos de graduação. É necessário o nome e o email do candidato.

 

No programa:

 

1Interaction Between Verbal Dialogue and Action in the Text of a Drama Television Series. Case Study: ‘BeTipiul’ (“In Treatment”‘) Drama Series.

 

2.  Between Drama Television Series And Their Remakes: Representation Modes of Personal, social and national Identity – “Are They  Really Talking About Everything?”

 

(Examples from 3 series): “In Treatment”, “Homeland” and “The Bridge”.

 

3.  A short workshop about Making Contemporary Activist Documentaries including examples from the directors:  Michael Moore,Ari Folman , Dani Menkin and even an example from a film that is still in process: On Beauty, Justice and Evil

 

 

Para os alunos, o professor solicita uma pré-atividade, como segue:

 

- The students who come to bring their cellular phones or video cameras for shooting and to prepare a tiny mission for the first meeting, that is:

 

To write – and print on paper – in short – in 3 lines more or less:

 

Choose only one option of this list:

 

1.What kind of change I would like to do in my life. Why I want this change, and what are the 3 first steps I am going to do to achieve that

 

2. What kind of change I would like to do in my apartment or room where I live. Why I want this change, and what are the first 3 steps

 

3.What kind of change I want to make in my home town or in my country. Why I want this change. What are the first 3 steps…or more steps if you may think about

 

4. What kind of change I want to make in my relationships with: my boy friend or my girl friend or with my parents. Why I want this change, and what are the 3 steps.

Bancas agendadas para setembro e outubro de 2016
Publicado em 13/09/2016 às 15:44

 

BANCA/Tipo de Exame/NivelAluno(a)/

Orientador(a)

Data/Horário Salade realização Banca avaliadores Presencial Videoconferência/skype
DEFESA / MESTRADO 

 

RICARDO JOSÉ SÉKULA

 

Prof. Dr. Antônio Claudio Brasil Gonçalves

12 de setembroSegunda-feira

14 horas

141  PresidenteProf. Dr. Antônio Claudio Brasil Gonçalves

 

Internos

Profa. Dra. Raquel Ritter Longhi

Prof. Dr. Rogério Christofoletti

Prof. Dr. Mauro César Silveira (Suplente)

 

Externos

Prof. Dr. Viktor Henrique Carneiro de Souza Chagas (UFF)

Profa. Dra. Angela Meili (UNESPAR) (Suplente)

 X
DEFESA / MESTRADO 

MAGALI MOSER

 

Prof. Dr. Jorge Kanehide Ijuim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

16 de setembroSexta-feira

15 horas

141  PresidenteProf. Dr. Jorge Kanehide Ijuim

 

Internos

Prof. Dr. Mauro César Silveira

Profa. Dra.Daiane Bertasso Ribeiro

Profa. Dra. Daisi Irmgard Vogel (Suplente)

 

Externo

Prof. Dr. Luiz Gonzaga Figueiredo Motta (UnB)

Profa. Dra. Valquíria Michela John (Univali) (Suplente)

 

X
DEFESA / MESTRADO 

ALEXANDRE BONACINA

 

Profa. Dra. Raquel Ritter Longhi

 

30 de setembroSexta-feira

17 horas

 

141 PresidenteProfa. Dra. Raquel Ritter Longhi

 

Internos

Profa. Dra. Rita de Cássia Romeiro Paulino

Prof. Dr. Samuel Pantoja Lima

Profa. Dra. Flávia Garcia Guidotti (Suplente )

 

Externo

Prof. Dr. Marcelo Ruschel Träsel (UFRGS)

Prof. Dr. Demétrio de Azeredo Soster (UNISC) (Suplente)

X  

 

DEFESA / MESTRADO 

MAURÍCIO FRIGHETTO

 

Prof. Dr. Eduardo Meditsch

 

04 de novembroSexta-feira

15h30

 

141 PresidenteProf. Dr. Eduardo Meditsch

Internos

Profª. Drª. Valci Regina Mousquer Zuculoto

Prof. Dr. Carlos Locatelli

Prof. Dr. Samuel Lima Pantoja (Suplente )

 

Externo

Profª. Drª. Roseméri Laurindo (FURB)

Profª. Drª. Melina de La Barrera Ayres (xxx) (Suplente)

X  

 

              X

 

 

Nota pública do Jornalismo UFSC
Publicado em 07/09/2016 às 18:17

 

manifestoOs colegiados do Curso de Graduação em Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo e os professores do Departamento de Jornalismoda Universidade Federal de Santa Catarina vêm a público manifestar o seu repúdio ao golpe parlamentar em curso no Brasil, consumado em 31 de agosto de 2016, que ameaça gravemente o regime democrático e conquistas importantes para o desenvolvimento social, econômico, científico e tecnológico do país. O resultado é um governo (Michel Temer) com uma agenda antinacional e contrária aos interesses dos trabalhadores (fim de direitos trabalhistas como férias e 13º, aposentadoria com 35 anos de contribuição, destruição do SUS e dos programas sociais como bolsa família, terceirização dos serviços), que não passou no crivo das urnas, portanto, ilegítimo e antidemocrático. Preocupa-nos, ainda, o modo como setores dominantes da imprensa nacional têm coberto os acontecimentos políticos recentes, de forma parcial e em total inconformidade com os preceitos éticos e deontológicos de nossa profissão, colocando os interesses político-partidários acima daqueles que lhes foram conferidos historicamente pela sociedade, ferindo, assim, um dos princípios basilares do jornalismo: (qual seja) produzir conhecimento, contribuindo para a construção da cidadania. Infelizmente, tal opção editorial acentuou a instabilidade que atinge nosso país.

 Causa-nos constrangimento observar que, enquanto isto, a imprensa de referência internacional tem feito uma cobertura plural dos fatos, inclusive classificando-o como um golpe ou uma farsa, uma vez que o próprio Ministério Público Federal inocentou a presidenta Dilma Rousseff, eleita em 2014 com mais de 54,5 milhões de votos, de ter  cometido crime de responsabilidade, condição sine qua non para o impeachment, de acordo com a Constituição brasileira. Observe-se que as bases frágeis deste processo tornaram-se ainda mais evidentes quando, apenas dois dias após a destituição da Presidenta, o Senado Federal aprovou Lei que flexibiliza as regras para abertura de créditos suplementares sem necessidade de autorização do Congresso, o que foi amplamente noticiado como “pedaladas fiscais” e indicado como um dos principais motivos para a abertura do processo de Impeachment.

 Em meio ao cenário de incertezas em decorrência da grave crise econômica mundial, o governo Michel Temer em vez de reforçar as alianças internacionais, dá mostras inequívocas de que pretende implodir o Mercosul e fragilizar os BRICs, submetendo-se ao papel subalterno de adequação à agenda dos Estados Unidos na região e no mundo, além de propor a PEC 241/2016 que, entre outras medidas,  congela por 20 anos o orçamento da União e altera os critérios a serem usados para a distribuição de verbas para saúde e educação, acentuando os cortes em áreas estratégicas do país. É importante ressaltar que antes mesmo da PEC ser aprovada, as universidade públicas já vivem a realidade de verbas reduzidas e serão novamente prejudicadas em 2017, quando há a estimativa de manutenção de  cortes superiores a 45% em investimentos e mais de 18% em custeio, inviabilizando atividades fundamentais. As consequências são ainda mais preocupantes quando sabemos que 66,19% dos cerca de 1 milhão dos estudantes de graduação das universidades federais têm origem em famílias com renda média de 1,5 salário mínimo, o que exige maior investimento do poder público para manter estes jovens estudantes nas universidades, dando-lhes condições reais de permanência.

O futuro que se vislumbra para a educação e a pesquisa no Brasil requer ações firmes. Agências de fomento como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) enfrentam situação orçamentária grave que atinge bolsas para estudantes de graduação e pós-graduação e outras formas de apoio fundamentais para o desenvolvimento de atividades de ciência, tecnologia e inovação em diferentes áreas do conhecimento comprometendo, no médio e longo prazos, o desenvolvimento do país e a sua autonomia em diversos campos. Este é um retrocesso com consequências irreversíveis sobre o qual não podemos silenciar e porque a situação tende a se agravar. O governo Temer se comprometeu com o fim do regime de partilha no pré-sal, o que, na prática, vai acabar com a principal fonte de receitas do Fundo Nacional de Ciência e Tecnologia (FNDCT), que recebe mais de 1 bilhão de reais ao ano dos royalties do petróleo, inviabilizando os investimentos necessários em ciência, tecnologia e inovação. A previsão é que o regime de partilha garanta o repasse de mais de 160 bilhões de reais para a melhoria da saúde e educação dos brasileiros.

Preocupa-nos saber que não se vislumbra qualquer perspectiva de melhoria, ainda mais quando é efetivada a fusão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação com o Ministério das Comunicações – colocando fim a uma conquista fundamental para a pesquisa brasileira – proposta amplamente combatida pelas mais importantes sociedades científicas do país. Ao mesmo tempo, no último dia 02 de setembro, foi publicada a Medida Provisória 744/2016, que extingue o Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e, consequentemente, retira a sua autonomia em relação ao Governo Federal, constituindo uma grave ameaça à comunicação pública, plural e democrática, iniciativa também combatida e denunciada por entidades de referência da área.

Diante deste cenário, consideramos urgente reiterar publicamente o nosso compromisso com a defesa da democracia e das liberdades de imprensa e de expressão e manifestação, bem como com um jornalismo ético e responsável.  Colocamo-nos contrários à redução de qualquer direito social, entre eles os investimentos nas universidades públicas e no desenvolvimento da pesquisa e inovação em todas as áreas do conhecimento. Reiteramos a nossa defesa firme de uma imprensa livre, cujo exercício paute-se pelo restrito respeito ao Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros e à construção da cidadania.

Florianópolis, 07 de setembro de 2016.

 

POSJOR no Intercom 2016
Publicado em 01/09/2016 às 02:05

Intercom São Paulo 2016

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC participa ativamente do XXXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom 2016 e de seus eventos paralelos, que se realizam em São Paulo, na USP, de 5 a 9 de setembro. Professores, doutorandos e mestrandos do POSJOR ministram palestras em mesas de debates, lançam livros e apresentam trabalhos no XVI Encontro dos Grupos de Pesquisas em Comunicação da Intercom, conforme programação a seguir:

Mestrandos

  • André Thibes – apresenta, no  GP Teorias do Jornalismo, o artigo “Jornalismo freelancer e reestruturação produtiva das redações no século XXI”.
  • Dairan Paul – expositor, no GP Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão, do artigo “Jornalismo e ética radical de mídia: uma crítica a partir de fundamentos dos direitos humanos”.
  • Luiz Fernando  de Oliveira – expositor, no GP Conteúdos Digitais e Convergências Tecnológicas, do trabalho “O posicionamento do usuário no webdocumentário”.
  • Marcionize Elis Bavaresco – expositora, no GP Geografias da Comunicação, do trabalho “Entre o “Far-west” e o progresso: aspectos e contextos da visibilidade sobre o Oeste Catarinense a partir de fatos jornalísticos noticiados em 1948 e 1950.”

Doutorandos

  • Ana Marta M. Flores – expositora, no GP Teorias do Jornalismo, do trabalho  “Jornalismo de Moda: características da prática no cenário brasileiro”.
  • Matheus Simões Mello – apresenta, no GP Comunicação e Esporte, o artigo “Complexidades identitárias em Santa Catarina: delimitações e apontamentos preliminares sobre futebol e imprensa em Joinville”.
  • Silvio Pereira e Raquel Longhi apresentam, no GP de Fotografia, o artigo “Uma proposta de categorização do fotojornalismo contemporâneo”
  • William Robson Cordeiro - expositor, no GP Conteúdos Digitais e Convergências Tecnológicas, do trabalho “Para entender a dinâmica da infografia online enquanto gênero expressivo”.

Professores

  • Eduardo Meditsch - palestrante no Ensicom, na mesa de debates “A formação em Comunicação e o perfil profissional”; coordenador de sessões de exposição de trabalhos no “GP Rádio e Mídia Sonora”; como ex-coordenador do Grupo de Pesquisa, será homenageado na “Sessão Especial 25 anos do GP Rádio e Mídia Sonora”; como um dos autores, participa das sessões de lançamento do e-book “Estudos Radiofônicos no Brasil – 25 anos  do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora da Intercom”.
  • Flávia Guidotti -  expositora, no GP Cinema, do trabalho “Poesia e política em Febre do Rato: aproximações radicais”.
  • Raquel Longhi - expositora, no GP de Fotografia, do artigo “Uma proposta de categorização do fotojornalismo contemporâneo”.
  • Valci Zuculoto – palestrante no Ensicom, na mesa de debates “A formação em Comunicação e o perfil profissional”; coordenadora geral do encontro do GP Rádio e Mídia Sonora e expositora do artigo “A história do campo acadêmico do rádio no Brasil: registros referenciais para uma proposta de roteiro de percurso”como uma das suas organizadoras, lança o e-book “Estudos Radiofônicos no Brasil – 25 anos do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora da Intercom”.

POSJOR participa do 37º Congresso Nacional dos Jornalistas, em Goiás.
Publicado em 26/08/2016 às 13:01

Professores, ex-professores e alunos do Programa estão presentes, como palestrantes, do 37º Congresso Nacional dos Jornalistas http://www.37congressonacional.com.br/ que se realiza em Goiânia(GO), desde quinta até este próximo domingo, dia 28/08, promovido pela FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas.

 

O professor Eduardo Meditsch integra o painel “A formação do jornalista e sua importância para a conduta ética da profissão” e o ex-professor do POSJOR Nilson Lage é um dos painelistas na mesa “Jornalismo: conhecimento da realidade para a ação cidadã”.

 

Nas oficinas do evento, a professora Valci Zuculoto é responsável pela atividade que debate “A programação de rádio pública” e a recém mestre pelo POSJOR Jéssica Gonçalves Pereira ministra a sobre “Usos das redes sociais no radiojornalismo esportivo”. E também integrando a delegação do Sindicato dos Jornalistas de SC, como delegada ao Congresso eleita em assembleia da categoria catarinense.

 

Durante as atividades, os professores também estarão presentes nas atividades de comemorações dos 70 anos da FENAJ. A professora e subcoordenadora do POSJOR, Valci Zuculoto, que integra a nova diretoria da Federação, ainda deve participar da solenidade de posse.

EDITAL 02/PDSE/POSJOR/2016 – RETIFICAÇÃO DO EDITAL 01/PDSE/POSJOR/2016 de Seleção Interna do POSJOR de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES
Publicado em 23/08/2016 às 00:37

A Comissão de Seleção de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES, designada pela Portaria 20/POSJOR/2016, no uso de suas atribuições, torna pública RETIFICAÇÃO no subitem 3.2.4. e no subitem 3.2.5. do item 3. Do processo e prazos de Seleção Interna no POSJOR do EDITAL 01/PDSE/POSJOR/2016.

Clique aqui!

 

EDITAL 01/PDSE/POSJOR/2016 – Seleção Interna do POSJOR de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES
Publicado em 22/08/2016 às 22:05

A Comissão de Seleção de candidatura ao Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE/CAPES, designada pela Portaria 20/POSJOR/2016, em consonância com o Edital Nº 19/16 do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior/ PDSE/CAPES http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/12072016-edital-n-19-PDSE.pdf

e o Edital de Retificação do Edital Nº 19/16 do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior/ PDSE/CAPES http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/25072016-alteracao-edital-19-2016-PDSE.pdf, no uso de suas atribuições, RESOLVE, pelo presente Edital, estabelecer as normas para a fase do POSJOR dentro da etapa de “Seleção Interna pela IES”. Nesta fase interna do POSJOR, serão selecionados(as) os(as) candidatos(as) do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC que serão recomendados(as) à Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFSC – PROPG para dar seguimento à etapa de “Seleção Interna pela IES” e, na sequência, à de “Inscrições na Capes pelos candidatos”.

Baixe o edital na íntegra

Formulário POSJOR de Inscrição de Candidatura PDSE_CANDIDATO

Termo_AprovacaoResponsabilidade_ORIENTADOR (1)

 

Resultado dos alunos selecionados para bolsas
Publicado em 17/08/2016 às 18:23

Comissão de Seleção de Bolsas do POSJOR publica a lista de alunos selecionados em 2016-2 para bolsas de mestrado e doutorado.
Os alunos selecionados até o sétimo lugar para bolsas de Mestrado deverão passar na secretaria do POSJOR e pegar os termos de compromisso para reconhecimento em cartório. Os demais alunos ficam em lista de espera para quando abrirem novas bolsas. Os termos reconhecidos em cartório devem ser entregues na Propg, Setor de Bolsas, até esta sexta-feira, 19/08.

Os alunos selecionados para bolsas de doutorado estão em lista de espera, pois ainda não há resposta da Capes quanto à realocação de bolsas solicitada pelo Programa.

Alunos que foram selecionados e não possuem conta no Banco do Brasil devem abrir conta até amanhã, quinta-feira, dia 18/08, e levar os respectivos dados à Propg, diretamente com Vlademir – Setor de Bolsas.

A implementação da bolsa está condicionada à comprovação da inexistência de vínculo empregatício. Os candidatos com vínculo de trabalho devem apresentar imediatamente à secretaria do POSJOR sua opção pela bolsa, por escrito, com o respectivo comprometimento em relação ao vínculo trabalhista.

Candidatos selecionados a bolsas de Mestrado e Doutorado POSJOR 2016-2

Mestrado

1º  Ana Luiza Funchal de Oliveira

2º Debora Cerutti Viegas

3º Siliana Dalla Costa

4º Jessica Gustafson Costa

5º Thalita Raphaela Neves de Oliveira

6º Luciana Paula Bonetti Silva

7º Claudia Sylveira D´Avila

8º Anderson Dias Silveira

9º Ediane Teles de Mattos

10º Francielli Cristina Campiolo

11º Luiz Gustavo Varella

12º Luiza Mylena da Costa Silva

13º Paula Weyh dos Passos

14º Clayton Felipe Silveira

15º Flavio Toassi Crispim

16º Thiago Pedro Walkowski

 

Doutorado

1º Criselli Montipó

2º  Ana Marta Moreira Flores

3º Janara Nicoletti

4º Géssica Gabrieli Valentini

5º Matheus Simões Mello

6º Ricardo José Torres

7º Juliana Cristina Gobbi Betti

8º Marcelo Barcellos

9º Ingrid Pereira de Assis

10º Kérley Winques

11º Carlos Nascimento Marciano

  • Administradores do Site
  • 1960 - 2015 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000 |
  • Última atualização do site foi em 25 de setembro 2016 - 18:51:30
SeTIC
Páginas UFSC