Programa de Pós-Graduação em Jornalismo
  • Cronograma de atividades do PPGJOR – 2019

    Publicado em 14/12/2018 às 17:41
    Data (2019) Descrição
    15 de janeiro
    Prazo final para atualização do Currículo Lattes (professores)*
    *enviaremos a declaração de participação em bancas no exercício 2018 para todos os professores
    31 de janeiro
    Prazo final para entrega das notas referentes ao semestre 2018.2 (para e-mail ppgjor@contato.ufsc.br)
    Prazo final para entrega dos Planos de Ensino das disciplinas que serão oferecidas em 2019.1
    Prazo final para entrega do Relatório de Estágio de Docência 2018.2
    Prazo final para entrega do pedido de matrícula em Estágio de Docência para o semestre 2019.1, devidamente preenchido e assinado.
    05 de fevereiro Lançamento do Edital para solicitação de matrícula em disciplina isolada para o semestre de 2019.1, na página do Programa
    18 e 19 de fevereiro Inscrição para o processo de disciplina isolada 2019.1, conforme Edital específico
    22 de fevereiro a 01 de março Pedido de matrícula para alunos regulares em disciplinas oferecidas pelo PPGJOR (no CAPG)
    11 de março Início do período letivo semestral 2019.1
    07 e 08 de março Aprovação dos pedidos de matrícula de alunos regulares e inclusão das disciplinas no histórico acadêmico
    08 de março Lançamento do resultado do processo de disciplina isolada 2019.1, na página do Programa
    11 a 15 de março
    Entrega de pedido de cancelamento de matrícula em disciplinas oferecidas pelo PPGJOR
    (instruções disponíveis na página do Programa http://ppgjor.posgrad.ufsc.br/cancelamento-de-matricula/)
    03 a 10 de junho Prazo final para entrega do pedido de matrícula em Estágio de Docência para o semestre 2019.2, devidamente preenchido e assinado.
    10 de junho Prazo final para entrega dos Planos de Ensino das disciplinas que serão oferecidas em 2019.2
    21 de junho Término do período letivo 2019.1 – Pós-Graduação
    26 de julho Prazo final para entrega do Relatório de Estágio de Docência 2019.1
    26 de julho Prazo final para entrega das notas referentes ao semestre 2019.1 (físico ou para e-mail ppgjor@contato.ufsc.br)
    05 de agosto Início do período letivo 2019.2 – Pós-Graduação

  • AVISO: ALTERAÇÃO DE HORÁRIO – Defesa de Dissertação: “Configurações de identidade profissional de estudantes e egressos do curso de jornalismo do Bom Jesus/IELUSC, de Joinville”

    Publicado em 14/12/2018 às 11:01

    Configurações da identidade profissional de estudantes e egressos de Jornalismo do Ielusc-Joinville. Este é o tema da dissertação de Sidney Marlon de Azevedo a ser defendida em dezembro, no PPGJOR. Orientado por Jorge Kanehide Ijuim, contará com a apreciação da banca examinadora composta por Eduardo Meditsch e Jacques Mick (UFSC) e Roseméri Laurindo (Furb); Samuel Lima (suplente UFSC) e Alexandre Bergamo Idargo (suplente CFH/UFSC). A defesa é aberta ao público e será em 17 de dezembro (segunda-feira), às 9h, na sala 141 (bloco A/CCE).

     


  • #SMARTDataSprint: evento em Portugal explora dados e jornalismo

    Publicado em 10/12/2018 às 16:19

    O SMART Data Sprint é um evento de investigação na prática com foco em redes sociais e visualização de dados, promovido pelo grupo de pesquisa Social Media Research Techniques, do iNOVA Media Lab, da Universidade Nova de Lisboa. De 28 de janeiro a 1 de fevereiro de 2019, a terceira edição do Data Sprint receberá investigadores e estudantes de todo o mundo interessados em trabalhar com dados da internet e métodos digitais.
    Continue a leitura » »


  • Defesa de Dissertação: “O que faz pensar, o que faz sentir – a retórica de Eduardo Galeano na revista brasileira Atenção! (1995-1997)”

    Publicado em 28/11/2018 às 15:14

    A dissertação “O que faz pensar, o que faz sentir – a retórica de Eduardo Galeano na revista brasileira Atenção! (1995-1997)”, de Francielli Cristina Campiolo, será defendida no dia 6 de dezembro, a partir das 14h. A sessão é aberta ao público e ocorrerá na sala 33 (sala de redação I), do Departamento de Jornalismo, Bloco A, no Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC).

    Continue a leitura » »


  • Seminário internacional debate mídia, política e credibilidade jornalística

    Publicado em 26/11/2018 às 21:09

    Refletir o papel do jornalismo na cobertura das eleições brasileiras 2018 e a credibilidade da informação divulgada para a sociedade são os objetivos do “Seminário Internacional: mídia, política e credibilidade da informação jornalística”. O evento gratuito ocorrerá no dia 30 de novembro, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis. Entre os convidados estão o pesquisador colombiano Germán Ortiz-Leiva (Universidad del Rosário, Bogotá) e o editor-executivo do The Intercept Brasil, Leandro Demori. 
    Continue a leitura » »


  • Defesa de tese: “’Violência fascinante em vidas tão normais’: estigmatização e invisibilidade social na recepção de noticiários criminais”

    Publicado em 20/11/2018 às 21:38

    A tese “‘Violência fascinante em vidas tão normais’: estigmatização e invisibilidade social na recepção de noticiários criminais”, de Hendryo André, será defendida no dia 29 de novembro, a partir das 14h. A sessão é aberta ao público e ocorrerá na sala 33 do Departamento de Jornalismo (sala de redação I) do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC). 
    Continue a leitura » »


  • Defesa de Dissertação: “A Formação para o Jornalismo Científico nas ações de ensino, pesquisa e extensão no curso de jornalismo da UFSC”

    Publicado em 20/11/2018 às 12:44

    A dissertação “A Formação para o Jornalismo Científico nas ações de ensino, pesquisa e extensão no curso de jornalismo da UFSC”, de Luiza Mylena Costa, será defendida no dia 30 de novembro, a partir das 14h. A sessão é aberta ao público e ocorrerá na sala 413, Bloco A,  do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC).
    Continue a leitura » »


  • Professores do PPGJOR e ex-alunos do Programa participam do 4o Congresso de Jornalistas para dispositivos Móveis – JDM2018

    Publicado em 19/11/2018 às 16:48

    As professoras Rita Paulino e Stefanie Carlan da Silveira participam do 4o Congresso de Jornalistas para dispositivos Móveis – JDM2018, promovido pela Universidade Beira Interior em Portugal. Na mesa 2 com o tema:  Os dispositivos móveis como plataforma de consumo de notícias a professora Rita Paulino, com os colegas Pedro Jerónimo – Instituto Superior Miguel Torga (ISMT) Portugal e Marina Empinotti, ex-aluna do PPGJOR  apresentaram a pesquisa Experiência do Usuário (UX) em apps de conteúdo jornalístico. E na mesa 3 com o tema Narrativas jornalísticas para dispositivos móveis a professora Stefanie Carlan da Silveira apresentará a pesquisa Jornalismo ubíquo para smartphones: proposta de instrumento de análise de propriedades técnicas.

    Site do evento: http://jdm.ubi.pt/pt/


  • Lançada a Rede Lusófona pela Qualidade da Informação

    Publicado em 18/11/2018 às 21:27

    Fotos: Paulo Amaral/Universidade de Coimbra

    Pesquisadores e representantes profissionais do jornalismo lançaram oficialmente no último dia 14 a Rede Lusófona pela Qualidade da Informação (RLQI). A cerimônia que marcou a criação da rede se deu na Sala do Senado, nas dependências da Universidade de Coimbra, Portugal, e foi presidida pelo reitor João Gabriel Silva. A Universidade Federal de Santa Catarina, através do Observatório da Ética Jornalística (objETHOS), participa da rede, que vai desenvolver pesquisas, realizar eventos, promover mobilidade docente e discente, além de produzir material de referência para os nove países de língua portuguesa no mundo. “Este é um momento muito oportuno para juntarmos esforços para pesquisar e ajudar a combater notícias falsas e a desinformação geral”, comenta o professor Rogério Christofoletti, um dos coordenadores do objETHOS e que participou do lançamento. A RLQI é também uma realização do projeto de internacionalização do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR), que completou 10 anos em 2017.

    A RLQI vai colocar a língua portuguesa a serviço da qualidade da informação, da democracia e do conhecimento, sintetizou Carlos Camponez, professor da Universidade de Coimbra e principal articulador da rede. Camponez esteve no PPGJOR/UFSC este ano para um período de intercâmbio acadêmico e retornou a Coimbra com objetivos de criar um observatório de mídia como o objETHOS. Em Portugal, o professor foi incentivado a ampliar o projeto, o que levou à rede lusófona. “Temos membros da Europa, África, Ásia e América, de todos os países da comunidade de língua portuguesa, e isso nos garante uma capilaridade única para investigar e conhecer melhor os contextos da informação nessas regiões”, avalia Christofoletti.

    Entre os países lusófonos há muitas assimetrias. Enquanto o Brasil tem dimensões continentais, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe são arquipélagos; Guiné-Bissau, Angola e Moçambique são jovens repúblicas africanas e Macau é uma cidade com regime administrativo especial ligado ao governo chinês. Portugal tem um sistema de mídia tradicional ao passo que Timor-Leste busca fortalecer sua democracia depois das tensões para a libertação da Indonésia. A RLQI vai atuar nesse mosaico de realidades, e aprofundar os estudos sobre os mercados de comunicação nesses países, as práticas jornalísticas e, sobretudo, a ética dos profissionais e organizações noticiosas.

    Além do objETHOS/UFSC, fazem parte da Rede Lusófona pela Qualidade da Informação as universidades de Coimbra, Cabo Verde, Lisboa, Lusófona da Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, e de São José (Macau), além da Escola Superior de Jornalismo de Moçambique, Rede Nacional de Observatórios da Imprensa (Renoi), Sindicato dos Jornalistas de Portugal, Ordem dos Jornalistas de Guiné-Bissau, Conselho de Imprensa de Timor Leste, Clube dos Jornalistas e Entidade Reguladora da Comunicação, de Portugal.

    Os primeiros movimentos da RLQI são a elaboração de um projeto de pesquisa internacional e o lançamento do site do observatório lusófono da comunicação.

     


  • PPGJOR participa de rede internacional de pesquisa em qualidade da informação

    Publicado em 14/11/2018 às 14:14

    O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC é um dos membros da Rede Lusófona de Qualidade da Informação (RLQI), que reúne acadêmicos dos nove países de língua portuguesa, além de representantes de associações de jornalistas profissionais. A rede será lançada nesta quarta, 14, no encerramento do 5º Congresso Internacional de Comunicação Ética e Deontologia do Jornalismo no Espaço Lusófono que acontece na Universidade de Coimbra em Portugal. O Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) representa o PPGJOR na rede e o professor Rogério Christofoletti, um dos coordenadores do grupo de pesquisa, participa do evento em duas mesas temáticas.

    Já estão em Coimbra pesquisadores de onze países para troca de experiências e atualização de seus instrumentos metodológicos: Portugal, Angola, Finlândia, Espanha, Brasil, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Macau, Timor Leste, Cabo Verde e Guiné-Bissau.

    A rede vai realizar pesquisas, promover debates na categoria jornalística e desenvolver esforços para a educação crítica dos meios de comunicação. A iniciativa é liderada pelo professor Carlos Camponez (Universidade de Coimbra), que esteve junto ao objETHOS e ao PPGJOR no início deste ano para um período de intercâmbio. “O professor Camponez tinha a intenção de conhecer nosso observatório para implantar um semelhante em seu país. Quando ele voltou a Portugal, foi desafiado por sua universidade a fazer algo maior. A RLQI vai resultar também num observatório de mídia para os países lusófonos”, explica Christofoletti.

    No momento de sua fundação, farão parte da RLQI também a Rede Nacional dos Observatórios de Imprensa (Renoi-Brasil), o Conselho de Imprensa de Timor-Leste, o Clube e o Sindicato dos Jornalistas portugueses e a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).